Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Notícias
Full screen Suggest an article

Seminário sobre o Perdão com Nahon Castro

September 2, 2016 3:00 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 157 times

Seminario 1

O Seminário 'AS HISTÓRIAS NO TEMPO DE JESUS  e Seus Ensinamentos de Perdão.' 
Foi emocionante!!!

A manhã de domingo do dia 21 de agosto, no Hotel São Salvador foi  marcada por sentimentos e lembranças variadas!
Muita, mas muito emoção mesmo!

O dia começou com uma calorosa recepção, todos os voluntários com sorriso no rosto, distribuíam o material do evento e pulseiras de identificação. O ambiente confortável e climatizado ajudava os presentes a concentrarem-se nas palavras do inspirado palestrante. Aproximadamente 400 pessoas lá estavam para ouvir e compartilhar ideias, ensinamentos, propostas de mudança. 

Semin rio 2

A Casa do Caminho Pronto-Atendimento Espírita e o Porto da Alegria, dois dos milhares de pontos de Luz na Terra, unidas em prol da Causa do Cristo, proporcionaram  esta sublime oportunidade de refletir sobre o ato de perdoar e seus benefícios a nós mesmos.

O expositor Nahon Castro, dedicado divulgador  desta Doutrina Consoladora, acompanhado da Banda Porto da Alegria, sempre  amoroso e carismático, magistralmente, utilizava diversas músicas para exemplificar e estimular a reflexão. Como o próprio Nahon comenta: "com música tudo fica mais leve e suave". A música alegra e ajuda a fixar o aprendizado, deixando a atmosfera saturada de  paz e harmonia.
Entre as músicas tocadas e cantadas com esmero pela banda, estavam: Apesar de Você (Chico Buarque) e Mil Perdões (Chico Buarque)

Semin rio 3

Nahon relembrou alguns conceitos de que perdoar não significa eximir de responsabilidade aquele que inadvertidamente se equivocou e ainda que aquele que não perdoa está mais vinculado ao ofensor do que se imagina.

O palestrante discorreu sobre algumas passagens da vida de Jesus como o seu encontro com Maria de Magdala, com Zaqueu e a negação de Pedro que nos fizeram lembrar os ensinamentos de AMOR do mestre, em sua verdadeira pureza.

No intervalo, os que lá estavam tiveram a oportunidade de adquirir livros diversos com temas relacionados ao seminário ou ainda, os DVDs contendo algumas palestras de Nahon Castro.

Certamente que cada um saiu daquele ambiente com muitas informações para reflexão e a responsabilidade de tentar colocar em prática os ensinamento de Jesus sobre a alegria de perdoar. 

Gratidão a todos que direta ou indiretamente colaboraram  para que este evento fosse uma realidade!

A Casa do Caminho é e sempre será um esforço de muitos! 

Nunca é demais ressaltar que o valor arrecadado será utilizado para a manutenção e obras na Casa do Caminho.

 Semin rio 4

 

QUER VER MAIS FOTOS DESSE DIA? CLIQUE EM NOSSA GALERIA DE FOTOS: AQUI.

 

Para finalizar, segue abaixo um lindo poema de Maria Dolores que foi exposto no Seminário e demonstra a grandeza do Amor de Jesus:

AMOR E PERDÃO

E Madalena fora ao túmulo querido
Entre pedras de extremo desconforto...
Levava flores para o Mestre morto,
Tinha o peito magoado e enternecido.

O Sol reaparecia, resplendente,
A névoa da manhã fundia-se no ar,
Na dourada invasão das flamas do Nascente,
Maria estava ali, unicamente,
A fim de estar a sós, recolher-se e chorar.

A desfazer-se em pranto, ela argüía:
- “Por que, por que Senhor?
Tanta saudade e tanta dor?!...
Toda a felicidade que eu sentia
Jaz aqui sepultada...
Transformou-se-me a vida em sombra e nada
No ermo deste pouso derradeiro...”

Nisso, ela viu alguém... Seria um jardineiro?
Um zelador daquele campo santo?
Mas tomada de espanto,
Viu-se à frente do Mestre Nazareno,
O excelso benfeitor ressuscitado,
A envolver-lhe de paz o coração cansado...
Ela gritou: “Senhor!”
Ele disse: “Maria!”

Ela era a expressão da perfeita alegria,
Ele, o perfeito amor.
Madalena ajoelhou-se e quis beijar-lhe os pés...
- “Maria, por quem és” – explicou-se
“Não me toques, porquanto
não te esperava aqui neste recanto,
e ainda não fui ao Pai revestir-me de luz...”
Maria, surpreendida,
indagou em seguida:
- “Senhor, onde estiveste?
Em que jardim celeste
Encontraste o descanso necessário,

Que vem de Deus, nos dons da paz completa?
Perdoa-me, Senhor, a pergunta indiscreta,
Dói-me, porém, pensar na angústia do Calvário,
Revolto-me, padeço, mas não venço
A mágoa de lembrar-te o sacrifício imenso”
Mas Jesus respondeu:
- “Não, Maria, não fui ainda ao Alto,
Nem me elevei sequer um palmo à luz do firmamento,

Quem ama não consegue achar o Céu de um salto...
Ao invés de subir aos Altos Resplendores,
Desci, mas desci muito aos reinos inferiores...
Despertando no túmulo, escutei
Os gritos da aflição de alguém que muito amei
E que muito amo ainda...
Embora visse Além, a Luz sempre mais linda,
Sentia nesse alguém um amado companheiro,

Em crises de tristeza e de loucura...
Fui à sombra abismal para a grande procura
E ao reencontra-lo amargurado e louco,
A ponto de não mais me conhecer,
Demorei-me a afaga-lo e, pouco a pouco,
Consegui que ele, enfim, pudesse adormecer...”
- “Senhor” – interrogou a Madalena
“Quem é o amigo que te fez descer,

Antes de procurar a luz do Pai?”
Mas Jesus replicou, em voz clara e serena:
- “Maria,
um amigo não esquece a dor de outro amigo que cai...

Antes de me altear à Celeste Alegria,
Ao sol do mesmo amor a Deus, em que te enlevas,
Vali-me, após a cruz, das grandes horas mudas,
E desci para as trevas,
A fim de aliviar a imensa dor de Judas”.

(Livro Coração e Vida, autoria de Maria Dolores /Francisco Cândido Xavier)

 

 "... A maior das Leis de Deus é a caridade, mas ela não consiste só em amparar nossos semelhantes em suas necessidades; consiste também, no esquecimento e no perdão das ofensas ..."

                                                                             Evangelho Segundo o Espiritismo 


This article's tags: Jesus Perdão Seminário da Casa do Caminho Porto da Alegria casa do caminho 2016 nahon castro

0no comments yet

Post a comment

The fields are mandatory.

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.