Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Temas Doutri...
Full screen Suggest an article

Dia do Idoso e o colorido da Doutrina Espírita

October 1, 2017 21:31 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 93 times

 

A Doutrina Espírita nos contempla com ensinamentos belíssimos sobre esta fase da vida. Nos diz o Evangelho Segundo o Espiritismo que:

“Honrar ao pai e à mãe não é somente respeitá-los, mas também assisti-los nas suas necessidades; proporcionando-lhes o repouso na velhice; cercá-los de solicitude, como eles fizeram por nós na infância”. A partir do entendimento de que fazemos parte de uma família universal, composta por laços de amor, que incluem e superam os da consaguinidade, o espírita mais jovem deve compreender que tem este mesmo dever de assistência para os idosos com os quais convive, seja na família, seja na casa espírita que faz parte.

A maturidade do corpo representa também um momento em que o Espírito começa a se preparar para o momento que inexoravelmente se seguirá: o de retorno à pátria espiritual. Ao mesmo tempo, as limitaçoes físicas desta fase não necessariamente significam limitações para a mente, e nada afetam o Espírito, que existe muito além desses limites. O conhecimento espírita sobre a imortalidade da alma ilumina o por do sol da vida com um colorido de sabedoria, reflexão e de alegria, na certeza de que a vida nunca cessa, sempre se renova.

O tempo chega para todos, por isso, é importante compreender as dificuldades dos mais velhos, bem como respeitar e valorizar suas vivências e experiências.

 

Grupo Ciranda da Alegria

Toda a segunda-feira, das 13:45 às 16 horas um número aproximado de 20 a 30 idosos se reune na Casa do Caminho para compartilhar suas vivências nesta fase da vida e experienciar um processo de educação que contempla diversas necessidades da terceira idade, sem perder a alegria de viver. Esse é o Grupo Ciranda da Alegria, projeto que reune aqueles que já viveram uma boa parte da sua encarnação e que promove o autoconhecimento através da perspectiva da imortalidade da alma.

Coordenado pela trabalhadora Andrea, o Grupo Ciranda da Alegria promove atividades em diversas linguagens: palestras, filmes, músicas, discussões abertas, aulas de artesanato e vivências corporais, aliando a arte ao conhecimento espírita. Os temas giram em torno de saúde para a terceira idade, depressão, solidão, entre outros, focando sempre em como o idoso pode e deve levar uma vida com autonomia, saúde e alegria. Uma das participantes, a querida Terezinha, ressalta que o maior benefício para os integrantes do projeto é a elevação da autoestima:

"O nosso grupo levanta a autoestima! É muito bom participar das palestras, ver os filmes, Andrea é uma pessoa maravilhosa, que promove diversas atividades, pois toma conta do projeto com muito carinho! Às vezes o idoso fica muito tempo em casa, sozinho... às vezes pensando muito... ou com muita gente em casa, mas sem ter alguém para conversar. O jovem nem sempre gosta de conversar com o idoso, mas o idoso gosta muito de conversar, gosta de falar e de ouvir histórias, e no grupo, nós paramos para contar nossas vivencias e ouvir o que o outro tem a dizer. Isso é uma injeção de ânimo em nossa autoestima".

A Casa do Caminho - Pronto Atendimento Espírita tem como um de seus princípios a valorização da vida em todos os aspectos, em todas as vertentes e em todas as idades. Somos espíritos vivendo uma experiência do corpo e por isso é importante ter atenção às especificidades que compõem a saúde integral em todas as fases da vida.

Sobre o Dia do Idoso

O envelhecimento é um fato biológico natural que atinge todos os organismos vivos. A velhice faz parte da vida, por isso, é preciso ser paciente, amoroso e atender às necessidades dos mais velhos. Entendendo esta realidade, o dia 1º de outubro aqui no Brasil comemora-se o Dia Nacional do Idoso. Instituído em 2006 pela Lei Federal 11.433, a data reforça a importância da inclusão social desta parcela da população, além de garantir o acesso aos benefícios conquistados, conforme o Estatuto do Idoso, entre elas o acesso à saúde.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entre 2005 e 2015, a proporção de pessoas acima dos 60 anos, passou de 9,8% para 14,3%. Atualmente há aproximadamente 14 milhões de idosos no país. A projeção feita pelo IBGE aponta ainda que em 20 anos, o Brasil será o 6º país no mundo com o maior número de pessoas idosas. E segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego no segmento da inserção de idosos no mercado de trabalho na Região Metropolitana de Salvador (PED-RMS), que o grupo populacional que mais cresce no mercado de trabalho é o dos idosos. Atualmente, muitas empresas os contratam pessoas idosas graças às sues experiências e vivências, como forma de agregar valor ao processo produtivo.

Porém muitas pessoas não sabem lidar com os idosos ou vice-versa. Por exemplo, algumas pessoas mais jovens que fazem o trabalho do mais velho porque pensa que ele não dará conta, ou então, um idoso deseja impor seus pensamentos, e com isso, não acaba aceitando a ideia do outro. Como solução, é preciso unir a sabedoria do mais velho com a energia dos mais jovens para que assim ambos ganhem conhecimento no final da experiência.

“É justo que os filhos cooperem com os pais, embora saibamos que os mais jovens de hoje serão os mais velhos de amanhã tanto quanto os maduros de agora, desempenharão, muito em breve o papel de jovens no futuro. Tudo é sequência na Lei.”

(Emmanuel – Reformador, julho/76 – 22/04/1951)


This article's tags: Educação Espírita Autoconhecimento Grupo de Idosos Ciranda da Alegria Dia do Idoso

0no comments yet

Post a comment

The fields are mandatory.

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.