Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Temas Doutri...
Full screen Suggest an article

Há 213 anos nascia Allan Kardec, codificador do Espiritismo

October 3, 2017 17:27 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 40 times

Kardec

No dia 03 de outubro de 1804, em Lyon (França), nascia Allan Kardec. Seu nome de registro é Hippolyte Léon Denizard Rivail e foi um influente educador francês. Foi discípulo do reformador educacional Johann Heinrich Pestalozzi, em Yverdun, Suiça, cujo modelo de educação marcou profundamente a vida futura do jovem Rivail.

Tornou-se educador e entusiasta do ensino, tendo sido várias vezes convidado por Pestalozzi para assumir a direção da escola, na sua ausência. Durante 30 anos (de 1824 a 1854), dedicou-se inteiramente ao ensino e foi autor de várias obras didáticas, que em muito contribuíram para o progresso de educação, naquela época.

Em 1855, o prof. Rivail deparou-se, pela primeira vez, com o “fenômeno das mesas que giravam, saltavam e corriam, em condições tais que não deixavam lugar para qualquer dúvida”. Passou então a observar estes fenômenos; pesquisou-os cuidadosamente, graças ao seu espírito de investigação, que sempre lhe fora peculiar, não elabora qualquer teoria pré-concebida, mas insiste na descoberta das causas. Passou a aplicar a estes fenômenos o método experimental com o qual já estava familiarizado na função de educador; e, partindo dos efeitos, remonta às causas e reconhece a autenticidade daqueles fenômenos.

Foi assim que ele se convenceu da existência dos espíritos e de sua comunicação com os homens. Por ser um dos pioneiros na pesquisa científica sobre estes “fenômenos paranormais” (expressões mediúnicas) - assuntos que antes costumavam ser considerados inadequados à época – e consciente da sua realidade de espírito encarnado, Rivail adotou um nome já usado em uma existência anterior, no tempo dos druidas: Allan Kardec.

De 1855 a 1869, consagrou sua existência ao Espiritismo; sob a assistência dos Espíritos Superiores, representados pelo Espírito da Verdade, estabelece as bases da Codificação Espírita, em seu tríplice aspecto: Filosófico, Científico e Religioso. Lançou também cinco publicações que trazem os conceitos e ideias básicas da Codificação (também conhecidas como o Pentateuco Kardequiano) O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho segundo o Espiritismo, O Céu e o Inferno e A Gênese. A estas obras junta-se a Revista Espírita, “jornal” de estudos psicológicos, lançado a 1º de janeiro de 1858 e que esteve sob sua direção por doze anos.

É também de sua iniciativa a fundação da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, em 1º de abril de 1858 – primeira instituição regularmente constituída com o objetivo de promover estudos que favorecessem o progresso do Espiritismo.

Assim surgiu o Espiritismo: com a ação dos Espíritos Superiores, apoiados na maturidade moral e cultural de Allan Kardec, no papel de codificador. Kardec desencarnou aos 65 anos, a 31 de março de 1869. 

 

“Allan Kardec era o que eu chamarei simplesmente “o bom-senso encarnado”. Raciocínio reto e judicioso, ele aplicava, sem olvido, à sua obra permanente, as indicações íntimas do senso comum. Aí não estava uma qualidade menor, na ordem das coisas que nos ocupam. Era, podemos afirmar, a primeira de todas e a mais preciosa, sem a qual a obra não poderia tornar-se popular, nem lançar no mundo as suas raízes imensas.

Trecho do discurso pronunciado por Camille Flammarion sobre Allan Kardec


This article's tags: doutrinárias 2017 doutrina espírita espiritismo allan kardec

0no comments yet

Post a comment

The fields are mandatory.

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.