Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Notícias
Full screen Suggest an article

A honra de servir, ensinada por Jesus, foi lembrada nos 18 anos da Casa do Caminho

April 6, 2021 12:26 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 37 times
0001 19206461295 20210402 073044 0000
 
 
A honra de servir, ensinada por Jesus, foi lembrada nos 18 anos da Casa do Caminho!
 
Nos momentos finais da sua passagem por esse planeta como espírito encarnado, Jesus Cristo, o maior exemplo de amor e guia da Humanidade, fez a sua orientação mais sublime aos seus discípulos. Num gesto supremo de humildade, lavou os pés de todos eles e, com poucas palavras, deixou sua maior lição: sejam servidores, e não servidos. Lavem os pés uns dos outros e aprendam a amar: único propósito da vida na Terra!
Em seguida, comeram juntos a última ceia. Pouco tempo depois, Jesus seria crucificado, morto e reapareceria (a "ressureição") para os seus discípulos , selando a certeza da imortalidade da alma.
Esses acontecimentos são comemorados como a Páscoa pela Igreja católica.
 
0001 19206376735 20210402 072723 0000
 
Na celebração da maioridade da Casa do Caminho, em outubro de 2019, quando completou 18 anos de portas abertas, a Juventude da Casa do Caminho subiu ao palco para reproduzir a cerimônia do lava-pés, lembrando aos presentes o verdadeiro sentido da nossa existência carnal: servir com amor! Somente assim, seremos felizes: através da felicidade do outro, nos ensinou Jesus.
E os jovens empenharam-se em fazer tudo acontecer muito bonito. Longo período de pesquisa, conheceram o perfil dos discípulos de Jesus, estudaram e escolheram  seus papeis.
Capricharam nas indumentárias e decoração do palco da Casa. Todos vestidos com túnicas feitas com lençóis, maquiados e de pés descalços, rostinhos concentrados, cenário preparado, texto decorado e a emoção no coração de todos que puderam observar no simbolismo do lava-pés, uma verdadeira aula dada por Jesus. Certamente guardaremos a lembrança da egrégora de amor daqueles instantes como um momento de alegria e aprendizado. Valeu Juventude Casa do Caminho!
 
0001 19214502543 20210402 114648 0000
 
Mas a comemoração dos 18 anos não parou por aí. Na verdade, começou com muita emoção. A apresentação musical do hino da Casa e de outras músicas por Gabriel Musse abriu a tarde especial. 
Enquanto Gabriel cantava, emocionando todos os presentes, as crianças da Evangelização distribuíam flores de papel feitas com muito carinho pela equipe da Ciranda da Alegria. Um momento ímpar que ficará nos corações! 
Em seguida foi possível apreciar a tocante palestra de Emilson Piau, que  lembrou a todos o que significa  'A Honra de Servir'.  
"Vivemos tempos difíceis e a complexidade social aumenta. Há um processo de busca egóica pelas coisas e um individualismo exacerbado. Muitas vezes as pessoas perdem a noção da coletividade, da solidariedade, da misericórdia e do perdão. Nós, os espíritas precisamos ser aqueles que nos colocamos à frente, na vanguarda desse processo de transformação social, mesmo diante das dificuldades que o mundo traz. Precisamos ser os exemplos, tal qual os primeiros cristãos, de abnegação, de dedicação e de amor ao próximo, desafiando-nos pela honra de servir. Aqueles que serão reconhecidos por muito amar, por superarem as suas diferenças pessoais, as suas escolhas muitas vezes centradas na vaidade e se dedicarem à solidariedade cristã, ao socorro aos que sofrem. Nesse desafio de construir um mundo melhor e de paz, onde a misericórdia e a solidariedade sejam uma realidade e o amor ao próximo uma vivência de cada dia. Porque precisamos ser conhecidos que se desafiam pela honra de amar e pela honra de servir"
E para concluir esse primeiro momento, a apresentação, como sempre, impecável do Coral da Casa do Caminho que tem à frente o maestro Magno Aguiar. Dessa vez, com a surpresa de também levar ao palco, para uma participação especial, a voz de Cássia Aguiar, cantando junto com o Coral Paz pela Paz de Nando Cordel.
Ao final, as crianças da Evangelização que ensaiaram com afinco com o maestro Magno Aguiar para fazer bonito nesse momento, cantaram A Paz (Heal the world), Roupa Nova. E fizeram... Com direito a coreografia e tudo mais! E deixaram os participantes em lágrimas, pois cantaram com o coração.
 
0001 19205641698 20210402 065816 0000
 
Pensam que acabou?
Aí foi a vez de nos confraternizarmos informalmente na área do toldo, ouvindo a boa música dos nossos artistas. Cássia Aguiar, Marcelo Bacellar com os músicos da Casa, Thiago, Luciano Dagata,  Todos trouxeram as suas vozes e instrumentos para abrilhantar a celebração. Os voluntários e frequentadores puderam cantar junto e celebrar a vida, celebrar a honra de servir em um ambiente onde se aprende a amar.
Aproveitamos o momento para cantar parabéns para a Casa do Caminho que completou 18 anos no plano físico.
 
Para que a lembrança desse momento permanecesse mais tempo em nossos lares, na saída, um chaveirinho foi distribuído como mimo aos presentes.
 
Que Jesus Cristo continue reaparecendo em nossos corações para continuarmos tendo a honra de servir ao próximo, em qualquer lugar do Universo, mas também na Casa do Caminho - PAE, uma obra que depende do esforço de muitos!
 
 

"Nestes dias gloriosos, assinalados por tremendos conflitos no âmago da criatura humana; nesta hora em que todos somos convocados à solidariedade cristã, deveremos descruzar os braços para utilizar as armas do amor, construindo um mundo melhor de paz e de caridade, pelo qual todos anelamos (...).

Sois os Embaixadores da Era Nova!

Jesus elegeu aqueles setenta da Galileia e os mandou dois a dois, para que divulgassem o reino.

Agora vos conclama a todos vós, para que proclame o reino da concórdia, a era da misericórdia, o momento da construção do mundo novo.

(...) semeai a esperança, a alegria de viver, a irrestrita confiança em Deus, que nos orienta por intermédio de Jesus, que prossegue conosco até o fim. Ele disse que nunca nos deixaria órfãos. Os Seus Embaixadores estão entre nós, conosco, e auxiliam-nos na grande para o mundo de regeneração.

Filhos e filhos e filhos, filhas e filhas e filhas da alma, amai, não vos importe a ausência da resposta do amor, por enquanto. Sede vós aqueles que semeiam os formosos dias do porvir, exultando pela honra de haverdes sidos convidados à hora última para a seara do bem (...)"

(Bezerra de Menezes/psicografia Divaldo Franco).

 

0no comments yet

Post a comment

* field is mandatory

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.