Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Notícias
Full screen Suggest an article

Casa do Caminho recebe a Caravana da Fraternidade da FEEB

April 10, 2018 16:51 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 105 times

Casa do Caminho recebe a Caravana da Fraternidade da FEEB

 

A Casa do Caminho recebeu na última terça-feira (03), a Caravana da Fraternidade, movimento criado pela Federação Espírita do Estado da Bahia (FEEB) para agregar centros espíritas e confraternizar seus participantes visando a ampliação e solidificação do movimento espírita. A atividade especial proporcionou aos presentes momentos de música e muito conhecimento. A Casa recebeu a presença da comitiva da FEEB e do Conselho Distrital 10, que reúne os centros espíritas localizados na região do Cabula, Pernambués, Mata Escura, Sussuarana e outros, além da uma abertura musical com Bruno Maiky, trabalhador da Fraternidade Espírita Irmã Sheila (FEIS).

Caravana 1

Este ano, a Caravana levou à Casa do Caminho o tema “Educando em tempos de transição”, com os objetivos de homenagear os 150 anos de A Gênese, Milagres e Predições segundo o Espiritismo e homenagear os 160 anos da Revista Espírita.

 

A noite começou com uma abertura musical de Bruno Maiky, que com sua voz maravilhosa brindou os presentes com uma música suave e harmoniosa, revestindo o ambiente de singular clima de amorosidade. Dentre as músicas, um destaque carinhoso foi “A Natureza das Coisas”, de Flávio José, muito apreciada pelos caminheiros e frequentadores da Casa.

 

Os representantes da FEEB e do Conselho Distrital 10, atualizaram os presentes sobre as ações federativas que serão realizadas em 2018, bem como convidaram a todos para o evento de encerramento da Caravana da Fraternidade, que será realizado no Fiesta Convention Center gratuitamente no dia 20 de março.

Caravana 3

O Presidente da FEEB, André Luiz Peixinho, começou a palestra com o tema da Caravana, abordando de forma bem interessante os rumos e formas de aprendizado no sentido evolutivo, a partir do paradigma de que somos Espíritos. Considerando que ainda não nos sentimentos e agimos como tal, pelo menos a consciência da nossa espiritualidade pode constituir uma mudança de visão de mundo, de relacionamento com o próximo e com o plano espiritual e - principalmente - de autoconhecimento. A consciência do SER espiritual, que é o que realmente somos, precede a nossa existência, tudo o que é passageiro, não só as encarnações, mas mesmo nossas expressões no plano espiritual que são revestidas de mutabilidade.

 

Para peixinho, para entendermos o processo educativo em sua abrangência e perspectiva centrada no ser, conforme a cosmovisão espírita, é necessário situá-lo num contexto mais vasto, indo além do contemporâneo, da civilização e, até mesmo, do humano. “Assim, a educação, em nosso tempo, pode ser compreendida como um aspecto particular da dinâmica da evolução. Esta, por sua vez, significa a progressiva manifestação potencial do ser através das múltiplas formas existenciais que se encadeiem do átomo ao arcanjo.", afirma o diretor presidente da FEEB.

Caravana 5

A palestra se encerrou deixando a todos de ânimos renovados e o momento do passe teve o brinde, mais uma vez, de Bruno Maiky, cantando Pai Nosso com sua doce voz.

 

“Semeai e semeai! Não importa que alguns grãos caiam em solo árido na greta do asfalto, porque o que tombar no solo ubérrimo dará espigas de luz de mil por um grão, reverdecendo o mundo. Estais convidados à união, trabalhando pela unificação das Casas Espíritas no Brasil e no mundo” [Bezerra de Menezes / Divaldo Franco - Revista Reformador - Janeiro de 1998]

 

 

Caravana 7


0no comments yet

Post a comment

* field is mandatory

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.