Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Notícias
Full screen Suggest an article

Paciência, a vida é rara. A voz de Marcelo Bacellar nos ensina

September 17, 2020 12:02 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 65 times

 

 

Paciência, a vida é rara. A voz de Marcelo Bacellar nos ensina!

 A vida é tão rara... eu sei, a vida não pára

 
O mundo vai girando cada vez mais veloz, é a nossa impressão, diz a música de Lenine, cantada com sensibilidade e maestria por Marcelo Bacellar. A sua voz nos convida  à emoção, porém também à reflexão do quanto a vida é tão rara...
Em que sentido? Cada projeto reencarnatório é feito com muito cuidado e carinho por nós mesmos, na maioria das vezes, e por nossos amigos espirituais. Por isso, é uma oportunidade única estarmos aqui. Única não no sentido de não haver outras e, sim, no sentido de ser especial, de ter sido conquistada com o esforço do nosso aprendizado nas diversas dimensões da vida e como dádiva Divina. Com o propósito de aprendermos a ser felizes plenamente, atingindo a perfeição!
Entretanto, a gente espera do mundo e o mundo espera de nós, um pouco mais de paciência. E como ainda não desenvolvemos a verdadeira paciência, que envolve o despertar da resiliência e compreensão do sentido da vida, às vezes nos perdemos no sofrimento, com a falsa crença de que ele será eterno.
Será que não está na hora de virarmos a chave em nossa existência e olharmos em outro sentido?
 
Talvez não estejamos nos permitindo perceber o quanto somos importantes para nós mesmos e para tantos outros, exatamente onde estamos. Já nos damos conta disso?
Pois é, mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma, até quando o corpo pede um pouco mais de alma: a vida não para não!
Aqui está o convite: que estejamos integralmente na vida, descobrindo o seu sentido, com paciência, esperança e alegria, ouvindo a voz de Marcelo Bacellar e tantas outras músicas que toquem a nossa alma!
Valorizemos a vida voltando-nos para a luz, como um girassol.
       Eventualmente o sol fica encoberto pelas nuvens, trazendo sombras.
       Porém, ninguém duvida que ele está ali, brilhando e iluminando cada um de nós, sempre!. 
                    
 
"O Mestre insigne nos assegura.
Pela paciência possuireis as vossas almas. E não pode haver maior conquista que a conquista própria. Já alguém disse, com justeza, que o homem que se conquistou a si mesmo vale  mais que aquele que conquistou um reino. Os reinos são usurpados mediante o esforço e o sangue alheio, enquanto que a posse de si mesmo só pode advir do esforço pessoal, da porfia enérgica e perseverante da individualidade própria, agindo sobre si mesma."
(Vinícius/ do livro: Em Torno do Mestre)

0no comments yet

Post a comment

* field is mandatory

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.