Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Próximos Eve...
Full screen Suggest an article

A ARTE NAS DOUTRINÁRIAS DA CASA DO CAMINHO. PARTICIPE

September 27, 2019 14:02 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 67 times
Img 20190925 wa0016
 
Imperdível!
 
A Casa do Caminho faz parte da Semana Nacional de Arte Espírita. Venha participar! A arte nos ajuda a compreender melhor nós mesmos e o mundo, além disso, pode ser um instrumento de amor e paz. 
Na quarta, sexta e sábado, várias manifestações artísticas acontecerão na Casa. Venha conferir!
 
PROGRAMAÇÃO NA CASA DO CAMINHO 
 
No dia 25/09: durante a palestra doutrinária de quarta-feira, às 13:45, você ouvirá POESIA, de uma forma diferente, com Maria Eduarda (Evangelização da Casa do Caminho) e José Wagner. Tema: o amor. 
 
No dia 27/09: teremos apresentação do Coral Espírita Irmã Elisabete, às 18:50 e em seguida apresentação teatral (Juventude Espírita Casa do Caminho) na palestra com Robson Ferrer e Juventude da Casa do Caminho. Tema: Para melhor servir
 
No dia 28/09: teremos às 15 horas concerto de violão com Ruan de Souza e em seguida apresentação do Grupo de Dança da Casa do Caminho, na palestra com Flávio Santos. Tema: A fé transporta montanhas. 
 
 
Qual a importância da arte na Doutrina Espírita?
 
A arte pode promover a educação e a cultura espíritas, com ênfase nos valores ético-morais cristãos, estimulando o uso da arte-educação como recurso didático-pedagógico. É indiscutível a importância da arte no processo de desenvolvimento do ser humano, sob o prisma biológico, psicológico, social e espiritual;

 

O que é a Semana Nacional de Arte Espírita

A III Semana Nacional de Arte Espírita objetiva uma concentração de prática e divulgação da arte espírita em todo o país no período de 21 a 29 de setembro de 2019.

Neste período, cada cidade ou região metropolitana realizará apresentações artísticas e palestras sobre a arte espírita.

É um evento promovido pela Abrarte – Associação Brasileira de Artistas Espíritas – e realizado por trabalhadores da Arte Espírita de todo o Brasil.

Cada cidade ou região metropolitana organizará a programação de atividades ligadas a Arte Espírita no período em que acontecerá a Semana Nacional: de 21 a 29 de setembro de 2019.

Alguns exemplos de atividades que podem ser programadas neste período:

  • Palestras sobre arte espírita
  • Apresentações de artistas e grupos de arte espírita
  • Oficinas de arte
  • Estudo sobre arte espírita

Nada impede que sejam conjugadas apresentações artísticas com as palestras ou os estudos, por exemplo. O importante é discutir, divulgar e praticar a arte espírita durante a semana.

Saiba mais acessando:
 
 

"O estudo atento da alma nos mostra que tudo na natureza – os sons, os perfumes, os raios de luz, as cores – encontra em nós suas correspondências, suas analogias, e que suas radiações se fundem e se harmonizam às profundezas do ser, na medida da nossa evolução. É isso o que constitui o senso artístico, a compreensão do belo sob todas as formas.

A evolução desse senso íntimo, a faculdade de expressá-lo, desenvolvem-se nas almas de vidas em vidas e terminam por produzir o talento, o gênio. Nos aspectos superiores da arte, o artista encontra a alta concepção da beleza eterna; ele compreende que sua fonte única está em Deus. Do infinito, essa fonte se lança sobre todos os seres e os penetra de acordo com o seu grau de receptividade.

Raios de luz e cores, sons e perfumes, estão ligados por um encadeamento, uma espécie de escala da qual cada nota representa uma soma particular de vibrações e que constituem, em seu conjunto, uma unidade perfeita. Se a ela se juntam as formas e as linhas, essa unidade se tornará a lei geral do belo, e a arte, em suas múltiplas manifestações, terá por objetivo reproduzi-las.

O estudo da arte e suas realizações nos impregnam, pouco a pouco, de esplendores do Universo. Inicialmente insensível e inconsciente no homem primitivo, esse trabalho acaba consciente, acentua-se, revela-se sob formas crescentes para se tornar como que um reflexo da suprema beleza.

Porém, sobre a Terra, a arte ainda é apenas um balbucio. Nos outros mundos, e principalmente no espaço, dizem-nos os nossos guias, ela produz maravilhas perto das quais as mais belas obras humanas pareceriam bem pobres e quase infantis. Chegada a essas alturas, a arte torna-se a forma mais sublime do culto prestado à divindade.

Até aqui o artista se inspirou nas coisas do mundo visível ou tangível; dele ouviu as vozes, as harmonias; estudou-lhe as formas, as cores e com elas conseguiu impregnar suas obras. Assim, o artista criou uma comunhão mais íntima entre o homem e a natureza. 

Graças a ele, as coisas obscuras e mudas tomaram uma alma e suas vagas aspirações, suas queixas, suas dores encontraram expressões que, tornando-as mais vivas, as aproximavam de nós, ao mesmo tempo em que a alma humana tornava-se mais sensível ao contato da vida exterior.

Assim, a arte entregou à vida do globo o sentido profundo que lhe faltava. Por meio da arte, as forças cegas da natureza penetraram em nós e adquiriram como que um reflexo da nossa consciência e dos nossos sentimentos".

(Léon Denis)


0no comments yet

Post a comment

* field is mandatory

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.