Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Temas Doutri...
Full screen Suggest an article

Janeiro, mês de lançamento de O Livro dos Médiuns

January 25, 2018 16:54 , by Redação CDC - 0no comments yet | No one following this article yet.
Viewed 48 times

Janeiro, mês de lançamento de O Livro dos Médiuns

Livro dos mediuns

Em janeiro de 1861 foi publicado por Allan Kardec “O Livro dos Médiuns ou Guia dos Médiuns e dos Evocadores”, ou “Le Livre des Médiums” no original francês. A segunda das obras básicas do Espiritismo (depois de O Livro dos Espíritos e antes d’O Evangelho Segundo o Espiritismo) traz o caráter experimental e investigativo da doutrina, visto como ferramenta teórico-metodológica para se compreender uma "nova ordem de fenômenos", até então jamais considerada pelo conhecimento científico: os fenômenos ditos espíritas ou mediúnicos, que teriam como causa a intervenção de espíritos na realidade física.

Kardec o descreve como o “ensino especial dos Espíritos sobre a teoria de todos os gêneros de manifestações, os meios de comunicação com o mundo invisível, o desenvolvimento da mediunidade, as dificuldades e os tropeços que se podem encontrar na prática do Espiritismo constituindo o seguimento de O Livro dos Espíritos”.

O Livro dos Médiuns é, portanto, uma obra voltada para a prática, em sequência à exposição teórica de O Livro dos Espíritos. Ele se divide em duas partes: a primeira “Noções Preliminares” traz reflexões acerca dos questionamentos mais comuns à época (e, porque não, de hoje), como se existem ou não Espíritos, o que é o “sobrenatural” e, também um ensaio sobre de que modo o crédulo na realidade espiritual pode proceder em relação aos materialistas, finalizando com um exame dos diferentes modos pelos quais o Espiritismo é encarado.

A segunda parte, trata das manifestações espíritas em si e é uma das mais interessantes e convidativas de toda a codificação! Nela vemos capítulos sobre a ação dos Espíritos sobre a matéria, as mesas girantes, manifestações físicas, inteligentes, visuais e estudos de caso feitos por Kardec de aparição de pessoas vivas em lugares diversos do corpo e até invisibilidade! Outros estudos, parecem até coisa de filme atiçam a curiosidade de muitos até hoje: lugares mal-assombrados, psicografia e como é o vestuário dos Espíritos. A obra continua com uma descrição extensa e completa sobre mediunidade e os tipos de médiuns, passando tipos e práticas recomendadas para reuniões mediúnicas e finaliza com as características idealizadas por Kardec para as sociedades espíritas, o que hoje conhecemos como centros ou casas espíritas.

O Livro dos Médiuns é leitura fundamental para todos os espíritas. Sem ele, o conhecimento teórico aprendido n’O Livro dos Espíritos fica carente de olhar sobre questões da prática mediúnica, que é imprescindível na senda diária do trabalhador espírita, mas sobretudo aqueles que estejam desenvolvendo atividades mediúnicas! Para os simpatizantes da doutrina que ainda não trabalham, a obra sana todas as dúvidas e curiosidades sobre os fenômenos mediúnicos e outros tidos como “sem explicação” ou misteriosos possivelmente originado pela ação dos Espíritos, como, por exemplo, os fenômenos ditos paranormais.

Que tal começar a ler O Livro dos Médiuns hoje?

 

"No Espiritismo, a questão dos Espíritos está em segundo lugar, não constituindo o seu ponto de partida. (...) Sendo os Espíritos simplesmente as almas dos homens, o verdadeiro ponto de partida é então a existência da alma. Como pode o materialista admitir a existência de seres que vivem fora do mundo material, quando ele mesmo se considera apenas material?" [O LIVRO DOS MÉDIUNS, PRIMEIRA PARTE, MÉTODO]


0no comments yet

Post a comment

* field is mandatory

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.