Go to the content
Colabore com a casa
or

 Go back to Temas Doutri...
Full screen Suggest an article

O que esperar de 2018?

January 3, 2018 7:35 , by Redação CDC - 1One comment | No one following this article yet.
Viewed 113 times

07

O que esperar de 2018?

“E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação de vosso entendimento”. Paulo , Romanos 12:2

A passagem do final do ano para o início do seguinte gera diversos sentimento nas pessoas, de alegria e motivação à incômodo e tristeza. Sendo nós Espíritos imortais, transitoriamente vivendo uma experiência terrena, o que esses momentos tem a nos dizer? São apenas uma sucessão comum de dias e horas, ou realmente se revestem de algum significado?

Toda a nossa vida encarnada é orientada por ciclos, seja por convenção social, pela passagem de fenômenos da natureza ou por processos biológicos do corpo, o que influencia o nosso estado emocional e psicológico. Assim, o dia começa ao nascer do sol e acaba em seu ocaso, surgindo a noite e, em virtude disso, humanos e animais regulam o seu sono. A lua percorre um ciclo de 28 dias, alternando-se em quatro estados diferentes, de acordo com o sombreamento que recebe da Terra e, a isso, muitos enxergam significados simbólicos atrelados ao ciclo feminino, às emoções, ou mesmo gera consequências naturais, como o equilíbrio das marés. Os anos convencionalmente completam-se em 365 dias, contendo em si 4 estações, que regularam ao longo de séculos as colheitas, as normas sociais, as festas e todo o modo de viver de diversas sociedades.

Mas, a que isso importa a nós, espíritas?

Chico Xavier, em sua sapiência, nos disse que “embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim”. Embora tenhamos, ou buscamos ter, a consciência de que somos muito mais do que encerra a nossa vivência na carne, é inegável que a reflexão sobre os ciclos da vida nos ajuda a estabelecer metas de auto aperfeiçoamento. Encerrar ciclos é importante, pois nos libera de grande carga mental e emocional, o que sem isso, muitas vezes, nos leva a atravancar o nosso próprio progresso. Perceber que já estamos amadurecidos em determinada situação e necessitamos dar o próximo passo é como nos libertamos do casulo outrora necessário para proteção e sobrevivência, batendo, com uma borboleta, as asas conquistadas pelo esforço.

Da mesma forma, começar um novo ciclo deve revestir-se de igual reflexão, mas uma dose extra de entusiasmo! Não há mística na passagem do tempo, mas nós precisamos destes marcos de passagem para estabelecermos metas, avaliarmos o que podemos melhorar e olhar pra frente, tendo as novas resoluções como direcionadoras de atitudes. Espíritas, devemos ter a consciência de que o melhor tempo para o agir é o HOJE, que cada momento de nossa vida encarnados é preciosa e única oportunidade de aprendizado. Espíritos, nunca devemos esquecer que já vivemos numa cadeia infinita de ciclos reencarnatórios, trazendo em nós a experiência de tantas outras existências a nos encaminhar para a inexorável perfeição.

Quais os objetivos que você traçou para o ano de 2018? Que pontos você já avaliou que pode melhorar do ano passado para este? Quais são suas metas de aprendizado e autoconhecimento?

Neste início de ano, não deixe de se fazer essas perguntas e, sobretudo, de respondê-las com pensamentos revigorados, palavras benfazejas e atitudes positivas.

 

Ano Novo é também oportunidade de aprender, trabalhar e servir. O tempo como paternal amigo, como que se reencarna no corpo do calendário, descerrando-nos horizontes mais claros para necessária ascensão. 

Lembra-te de que o ano em retorno, é novo dia a convocar-te para a execução de velhas promessas que ainda não tivestes a coragem de cumprir.

 

Não te esqueças de que Jesus jamais se desespera conosco e, como que oculto ao nosso lado, paciente e bondoso, repete-nos de hora a hora: - Ama e auxilia sempre. Ajuda aos outros amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração.

 Carta ao Ano Novo - Pelo Espírito Emmanuel - XAVIER, Francisco Cândido. Vida e Caminho. Espíritos Diversos. GEEM.


This article's tags: 2018 emmanuel ano novo

1One comment

Post a comment

The fields are mandatory.

If you are a registered user, you can login and be automatically recognized.